Secretaria de Parcerias em Investimentos

Secretaria de Parcerias
em Investimentos

Início » Governo de SP autoriza acesso para entreposto de alimentos na Ayrton Senna
Share

Governo de SP autoriza acesso para entreposto de alimentos na Ayrton Senna

Área às margens da Rodovia Ayrton Senna fica em Itaquaquecetuba; é a primeira que o Estado dá aval deste tipo em rodovias paulistas de alto padrão técnico

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Parcerias em Investimentos (SPI), autorizou nesta segunda-feira (24) a abertura de acesso na Rodovia Ayrton Senna (SP-070) para a instalação de um entreposto de alimentos no município de Itaquaquecetuba, na região do Alto Tietê. Esta é a primeira liberação do Estado para a adequação de rodovias de alto padrão técnico, categorizadas como classe zero, à chegada de grandes armazéns de produtos alimentares.  A autorização foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

“Estamos fazendo uma autorização para que tenhamos esse entreposto de alimentos. Não vai ser o único, virão outros. A ideia é diversificar, é ter vários entrepostos de alimentos, porque isso vai proporcionar mais competição, vai melhorar e facilitar a logística e, no final, vai proporcionar preços melhores. A ideia é que se torne mais atrativo para as pessoas que fazem essa comercialização diariamente, principalmente na Grande São Paulo”, afirma o governador Tarcísio de Freitas.

O terreno em Itaquaquecetuba tem aproximadamente 753 mil m² – a área construída do futuro entreposto poderá chegar a 300 mil m² – e fica no lote concedido à EcoPistas. O investimento previsto é de cerca de R$ 800 milhões, com quatro anos para construção. Os recursos virão do fundo de investimento imobiliário (FII) da Mauá Capital. O espaço deverá receber cerca de 20 mil pessoas por dia e movimentar 4 milhões de toneladas de alimentos ao ano, gerando empregos e fortalecendo a economia local.

“Essa autorização é inédita e vai permitir a atração de investimentos muito relevantes para a região do Alto Tietê e que vai beneficiar outras áreas próximas. O Alto Tietê é um grande polo produtor de alimentos, com cerca de 5 mil unidades de produção agrícola, sendo grande parte de agricultores familiares. Esses produtores vão poder escoar a produção com mais facilidade”, destaca o secretário Rafael Benini.

A localização do novo entreposto, no km 41 da Rodovia Ayrton Senna, sentidos Leste e Oeste, irá fortalecer a integração da cadeia produtora e garantir mais eficiência no escoamento de alimentos, além de ter impacto significativo na redução no trânsito da capital. O armazém terá conexões logísticas com a Rodovia Presidente Dutra (BR-116) e com os Trechos Leste e Norte do Rodoanel.

A autorização atende aos critérios estabelecidos pelo Decreto nº 65.543/2019, que aprova o regulamento de autorização de acesso pelas Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), dos Imigrantes (SP-160), Castello Branco (SP-280), Ayrton Senna (SP070), bem como pelo Rodoanel Mário Covas (SP-021), a terrenos lindeiros às respectivas faixas de domínio para instalação de entrepostos de abastecimento alimentar.

O projeto foi avaliado por técnicos da Secretaria de Parcerias em Investimentos e de Agricultura e Abastecimento, com consultas à Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

Estrutura prevista

A infraestrutura deverá contar com galpões para armazenamento, processamento e comercialização de produtos alimentícios, especialmente as regiões do Alto Tietê, ABC, Grande São Paulo e zona leste da capital, que concentra 40% das feiras livres da cidade. O empreendimento deverá ofertar ainda espaço exclusivo para os pequenos e médios produtores locais, além de permitir a instalação de órgãos públicos e serviços.