Secretaria de Parcerias em Investimentos

Secretaria de Parcerias
em Investimentos

Início » Tarifas de gás para uso industrial e veicular tiveram redução no Estado de SP
Share

Tarifas de gás para uso industrial e veicular tiveram redução no Estado de SP

Valores cobrados pelas concessionárias Comgás e Necta passaram a valer no último dia 10 de setembro

As tarifas cobradas pelas concessionárias de distribuição de gás Comgás e Necta para uso industrial e veicular tiveram queda, conforme aprovação da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo (Arsesp). Os novos valores autorizados contemplam redução de 3,9% a 5,8% no caso da primeira; e de 5,2% a 7,1% para a segunda. Os ajustes passaram a ser aplicados a partir do dia 10 de setembro.

A Comgás atende 95 municípios. A área de concessão no estado abrange a Região Metropolitana de São Paulo, Região Administrativa de Campinas, Baixada Santista e Vale do Paraíba. Na área de atendimento da concessionária, a maior queda foi de 5,8% para o Gás Natural Veicular (GNV). As reduções para os usuários industriais foram de 3,9% para o consumo de até 50 mil m³/mês; de 5,4% para clientes que usam até 1 milhão de m³ mensais; e de 5,7% para consumidores de até 10 milhões de m³/mês.

Para as localidades atendidas pela Necta, região Noroeste do Estado, com 375 municípios, a maior redução também foi para o GNV: 7,1%. Além disso, foi registrada queda para usuários industriais de até 50 mil m³/mês (5,2%); de até 1 milhão de m³ mensais (6,4%); e de até 10 milhões de m³/mês (6,8%).

Os ajustes tarifários do gás de uso industrial e veicular são feitos trimestralmente. Os preços são determinados por critérios estipulados nos contratos firmados entre as concessionárias e o fornecedor do combustível – neste caso, a Petrobras.

De acordo com a Arsesp, essas reduções não alcançam os usuários residencial e comercial das concessionárias, uma vez que não houve alteração nos custos destes segmentos em relação ao último ajuste tarifário aprovado.

Secretaria de Parcerias em Investimentos com Informações da Arsesp