Secretaria de Parcerias em Investimentos

Secretaria de Parcerias
em Investimentos

Início » Autorizado início das obras de duplicação da rodovia de acesso a Penápolis
Share

Autorizado início das obras de duplicação da rodovia de acesso a Penápolis

Serão investidos R$ 93,6 milhões em infraestrutura para oferecer mais conforto e segurança aos motoristas

O secretário executivo da Secretaria de Parceria em Investimentos (SPI),  André Isper Rodrigues Barnabé, participou na manhã desta quinta-feira (14), em Penápolis, do anúncio e início da duplicação da rodovia de acesso a Penápolis, na Rodovia Marechal Rondon (SPA 486/300). Participaram do evento José Alexandre Melrinho, da Diretoria de Investimentos da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), Caíque Rossi, Prefeito Municipal de Penápolis e representantes da concessionária ViaRondon.

A obra, executada pela ViaRondon e fiscalizada pela ARTESP, traz mais fluidez e agilidade no trajeto de quem pega a estrada, além disso, a duplicação aumenta a segurança da rodovia e traz melhorias na infraestrutura viária e no desenvolvimento econômico da região, já que as obras devem gerar 750 empregos.

“A expectativa é a realização de R$ 93 milhões em investimento, 5 km de duplicação, mais de 4 km de ciclovia, num acesso a Penápolis, ligando a Marechal Rondon. Esperamos concluir esta obra em 14 meses, com apoio da concessionária Via Rondon, com a fiscalização da ARTESP e a disposição do Governo do Estado para viabilizar mais essa importante entrega para a população”, comentou o secretário executivo da SPI.

A previsão de conclusão da obra é em maio de 2025, com a entrega de duplicação total, faixa de acostamento, implantação de ciclovia pavimentada, implantação de drenagem, implantação de passeio e sinalização.

“O investimento em duplicações ao longo das rodovias do Estado é muito importante, essas modificações trazem diversos benefícios para toda a população, com a melhora na fluidez do tráfego. Nesse caso ainda terá uma ciclovia após a defensa metálica, dando mais segurança aos ciclistas locais”, comenta Milton Persoli, diretor geral da ARTESP.

Mais empregos

Com o início das obras serão mais 750 empregos gerados pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo. Só nos primeiros dois meses de 2024 foram registrados mais de 15 mil novos postos de trabalho, entre diretos e indiretos, pelas concessionárias integrantes do programa, que é supervisionado pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP). São 20 concessionárias, atuando em 11,1 mil quilômetros de rodovias, o que representa mais de 40% da malha estadual, abrangendo 335 municípios.

Secretaria de Parcerias em Investimentos