Secretaria de Parcerias em Investimentos

Secretaria de Parcerias
em Investimentos

Início » Tuneladora Maria Leopoldina chega à Estação PUC e completa 49% das escavações da Linha 6 do metrô no sentido sul
Share

Tuneladora Maria Leopoldina chega à Estação PUC e completa 49% das escavações da Linha 6 do metrô no sentido sul

Tatuzão já avançou 4,6 mil metros e a próxima parada será a Estação FAAP-Pacaembu. Túnel sul terá mais cinco estações, com destino à futura Estação São Joaquim.

Nesta quarta-feira (31), a Tuneladora Sul Maria Leopoldina chega à futura Estação PUC – Cardoso de Almeida da Linha 6-Laranja de metrô, quinto ponto de parada do tatuzão, o que representa cerca de metade das escavações em direção à Estação São Joaquim, destino final dessa linha no sentido sul. O governador Tarcísio de Freitas e o secretário de Parcerias em Investimentos, Rafael Benini, irão acompanhar de perto a chegada do equipamento.

Para chegar à estação PUC, o tatuzão já avançou subterraneamente por aproximadamente 4,6 mil metros e permitiu a instalação de 2.149 anéis de concreto utilizados no revestimento do túnel. A tuneladora ainda irá atingir mais cinco estações até chegar à futura Estação São Joaquim. O próximo ponto de parada será a Estação FAAP-Pacaembu.

No total, a Linha 6-Laranja de metrô já conta com 6,7 km de túneis construídos com as tuneladoras norte e sul, com sete estações estão conectadas. Além disso, estão sendo realizadas atividades nas 15 estações, no Pátio Morro Grande e nos 18 poços de VSE. Já são nove estações com escavações finalizadas e 2,2 km de túneis em método convencional (NATM).

Linha-6 Laranja

Com investimento de mais de R$ 18 bilhões, a Linha-6 Laranja é a maior obra de infraestrutura em execução atualmente na América Latina. O projeto prevê 15 estações ao longo dos seus 15,3 km de extensão. Isso reduzirá para 23 minutos um trajeto que atualmente é feito em cerca de 1h30min de ônibus. A nova linha de metrô será atendida por 22 trens e deverá transportar uma média de 630 mil passageiros por dia.

Ela ligará a Brasilândia (Zona Norte) à Estação São Joaquim, região central da capital, passando pelas futuras estações Vila Cardoso; Itaberaba-Hospital Vila Penteado; João Paulo I; Freguesia do Ó; Santa Marina; Água Branca; Sesc/Pompeia; Perdizes; PUC-Cardoso de Almeida; FAAP-Pacaembu; Higienópolis-Mackenzie; 14 Bis e Bela Vista. Além disso, haverá ainda a ampliação de mais sete quilômetros de extensão da linha, o que deverá acrescentar outras seis estações: Morro Grande, Velha Campinas; Aclimação, Cambuci; Vila Monumento e São Carlos. A obra fará integração com as linhas 1-Azul, 4-Amarela, 7-Rubi e 8-Diamante.

A obra está sendo realizada por meio de uma parceria público-privada (PPP) entre o Governo do Estado de São Paulo e o consórcio Linha Universidade (Linha Uni). Após conclusão, a operação da Linha 6-Laranja será feita pela concessionária pelo prazo de 19 anos.